quarta-feira, 21 de maio de 2008

O MEU AMIGO MISTER BRUNETTI!

Vai-se a Fátima para rezar, para acender uma vela, para pagar uma promessa... Eu fui a Fátima - onde não ia há mais de 20 anos - por curiosidade, acabei por acender uma vela, ver a nova Igreja e... conhecer Mister Brunetti, um italiano fantástico, fotógrafo profissional, que há muitos anos vive em Inglaterra - já tenho viagem prometida, se alguém quiser vir comigo...

Mister Brunetti tem 81 anos, vive em Porchester, e está a passar uns dias em Portugal. Quando vem a estes sítios grandiosos traz sempre uma cadeira de abrir e fechar - e faz muito bem! A fotografia e a máquina que eu trazia deram o mote para longos minutos de conversa: em italiano, em inglês, em português... Trocámos contactos e recebi um convite para ir passar uns dias a Inglaterra. Se fosse há uns tempos teria dito que não, mas agora aceitei de imediato!

Não são só pessoas das classes mais baixas que cumprem promessas de joelhos. Também tenho fotos destas pessoas de frente mas é claro que não as reproduzo! Tenho um grande respeito pela privacidade destas manifestações, e se as pessoas tomam estas atitudes é porque acham que as devem tomar.

Fi-lo pela primeira vez na minha vida: comprar uma velinha por 50 cêntimos, acendê-la e deixá-la arder. Os pedidos? Muita saúde para todos, muita paz no mundo, que Portugal seja campeão europeu, que o preço do petróleo baixe e... ah, os pedidos mais importantes não os revelo aqui... Senão, não se realizam, heheheh!!! E eu quero muito que eles se realizem!!!

A Igreja velha e a Igreja nova: duvido muito que a Igreja nova receba manifestações como as deste jovem casal, porque não tem ambiente para isso, acho eu! Mas como não percebo muito destas coisas, sempre vou dizendo que prefiro a Igreja velha, apesar da Igreja nova ter um jogo de cadeiras fantásticos - fiz muitas fotos de cadeiras para oferecer a uma pessoa que faz colecção de fotos de cadeiras!!! Pois, cada um colecciona o que quiser... claro!!!

17 comentários:

Sol da meia noite disse...

Fátima é realmente uma mistura de muitos sentires... mas onde talvez a espiritualidade fale mais alto.
Gosto deste lugar, também do ponto de vista geográfico... Serra d'Aire, um paraíso, uma manifestação da Natureza.
Gosto de ouvir (sentir) o toque dos sinos, à sombra duma azinheira...
Acho que ainda consegue ser um lugar de paz.

Fotos muito boas.
Jinho

Marrie disse...

Fiquei surpresa com tua visitinha aos meus "segredos" hoje. Há tanto tempo não passavas por lá! rs
Estarei dando um tempo com o blog, mas ficarei sempre presente.
bjs

mulher disse...

Não se passa por fátima, sem sentir algo especial.Mesmos os não crentes, passam por sentir a fé dos outros.!!!
Faz sentido Fátima ser chamada de ALTAR DO MUNDO.
Lindas fotos, beijinhos Alex.

Perle disse...

Acendi uma vela em Fátima no dia 26 de Março. Uma vela igual às outras e parecida com a que está aí na foto. Nenhuma vela irá derreter da mesma forma; São únicas...como os nossos pedidos.

Até outro dia!
Perle

irneh disse...

Olá

Um beijinho para ti e que os teus pedidos que não revelaste sejam atendidos. Quanto a ir a Inglaterra, cuidado! Olha que pode haver muita gente a aceitar o convite para aproveitar a companhia!!!

Pena disse...

Genial Amigo Alexandre:
O espírito que se vive e sente em Fátima é diferente. Pela beleza que paira no ar e no olhar.
Sente-se uma paz imensa. Faz descansar e sossegar o ser e o sentir.
Respira-se bem-estar, harmonia.
Fizeste bem em fotografar. Um talento artístico que possuis na mágica descoberta de lugares, de pessoas, com ímpar fascínio.
Quanto à fé e as suas promessas a cumprir?
Não se se acredite em Deus? Não sei se ele quereria as promessas feitas com tanto sofrimento?
Respeito-as e respeito-O.
És uma pessoa repleta de solidadriedade, brilhantismo, brio literário e sensatez e deslumbre no que efectuas com maravilhosa oportunidade e talento.
OBRIGADO por este instante. Único. Real. Sentido na tua pureza de Ser Humano gigantesco.

OBRIGADO pela tua amizade.
Sempre a admirar-te e a estimar-te com enorme respeito

pena

Anónimo disse...

Fui a Fátima há muito tempo, logo após amorte d aminha mãe. Fui sem fé, confesso, mas na capelinha do silencio encontrei paz para conseguir aceitar a morte dela. Não voltei a fátima, falo com "Deus" em qualquer recanto, onde a hipocrisia da igreja seja menos visivel.
Contudo, reconheço o papel que o santuário tem na fé e na vida de cada um e por isso merece-me um respeito muito especial.

mariam disse...

obrigada por divulgar este documentário...
ainda não conheço a "nova" Fátima...
e, realmente, quem vai a esse lugar...por fé ou simples curiosidade, não fica indiferente...

um sorriso :)

PS. gostei (muito) de conhecer estes seus "sitios", palavras, fotografia...

Papoila disse...

Bonita reportagem Alexandre. Conheço bem o espaço... menos a igreja nova. Também respeito muito a fé de cada um por isso não digo mais nada.

Beijinhos
BF

mulher disse...

Que lindas nêsperas.
tenho que falar delas neste espaço.
Gosto muito desta fruta sim, tens horta?
Diz onde, hehhehehh.
bjinho.

Filoxera disse...

Boa reportagem.
Espero que concretizes o teu pedido.
Beijos.

brisa de palavras disse...

Gosto de ir a Fátima uma vez por ano...e acender uma vela por cada pessoa que amo...mas longe da multidão num silêncio só meu...
Não sei porque o faço...talvez porque acredito que preciso de alguém que cuide de mim...
um abraço
brisa de palavras

Vieira Calado disse...

Também lá fui, em viagem de recreio, era eu adolescente...
Ponto final.
Um abraço desconfiado... dos fiambres extra....

Tiago' disse...

As fotografias no interior das igrjas estão muito bonitas... e parabéns pelos novos conhecimentos que fizeste ! =D

Tiago'

Bichodeconta disse...

Não tem conta as vezes que já fui ou passei por Fátima embora nunca o tenha feito por promessa ou por crença religiosa.. Vou porque vou, porque gosto de conhecer os lugares etc etc.. Mas Vou naturalmente com respeito pelas crenças e promessas das outras pessoas. No entanto cheira-me sempre a exploração .. Tanto económica como sentimental.. Mas voltarei lá concerteza até porque é um lugar em que a paz impera..Mesmo os carteiristas roubam em paz!!!Não sou pessoa de ter santos em casa, e mais umas coisas que até fica mal dizer aqui.. Bem , ainda assim digo que foi a essa nossa senhora de Fátima que a minha mãe pediu fervorosamente que me desse o que de pior houvesse no mundo, isto quando eu há dez anos me divorciei.. Certa de que se a senhora de Fátima é boa como dizem não me irá fazer mal ..Vou tranquila.. Mas choca-me o contraste da riqueza ali exibida.. Em conversa com o Padre Carlos, meu grande amigo e pároco da minha terra , confirmei o que pensava..Deus na sua bondade não pode ter pedido a alguém que faça aquelas viagens de joelhos, flagelando-se e sofrendo..Deus é de amor e de bem estar, mas quem sou eu para mudar o que vai na cabeça das pessoas.. Que bom que conheceste alguém ligado á arte da fotografia, que se fez amizade e que ficou no ar o convite para uns dias nas terras de sua Magestade.. FICO Á ESPERA DAS FOTOS, NÃO QUE ACREDITE QUE TEM LUGARES MAIS BONITOS DO QUE OS NOSSOS, MAS PORQUE SEI QUE VÁS CAPTAR OS MAIS ESPECIAIS..BOM FIM DE SEMANA, UM BEIJINHO, ELL

Vera disse...

Alex, Fátima é mesmo um lugar muito especial.
Adorei as fotos e adorei saber que tens um novo amigo e com direito a convite e tudo! Ainda me candidato ;)

Beijinhos

SimplesmenteAna disse...

Alex,

ir a Fátima é ir a um sítio de Paz, de Luz, de Crença. É um local onde qualquer pessoa se sente bem, onde se emociona, onde faz ou não os seus pedidos. Para mim esse é o espírito de Fátima.
Um lugar sagrado onde só deveria haver Amor e pedidos pelo bem de quem amamos ou da humanidade em si.
Desejo que os teus pedidos se concretizem e que aproveites o convite para a ida até Inglaterra, onde a tua objectiva captará os melhores sítios e momentos.

Beijinhos.