segunda-feira, 21 de julho de 2008

Partiste? Não, não partiste!
Não acho que partisses!

Os teus olhos são daqueles
que nunca partem,
os teus olhos são daqueles
que nos fitam
e nos envolvem,
e nos levam à volta de um Mundo
onde paramos o tempo
sempre que quisermos...
E eu quero que o tempo pare,
que o tempo pare agora!


27 comentários:

Alexandre disse...

Este Anjo foi fazer uma viagem e já volta... a Mãe (o outro Anjo que me agarrou a mão num post mais abaixo) está à espera dela...

Maria Clarinda disse...

Esse Anjo de mão dada com o Anjo que lhe irá dar a mão, voltarão concerteza se ainda tiverem que voltar. Um olhar assim tão meigo, tão doce, só pode voltar num plano evolutivo já bem avançado, para nos ajudar.
Jinhos muitos.

mariam disse...

Alexandre... que bela homenagem.
Fiquei comovida.
Os que amamos, partiram mas estão sempre muito perto de nós, nos olham e protegem... acredito muito nisto.

Força!
Um abraço amigo e um sorriso :)
mariam

Marta disse...

Custa sempre....
Ficam sempre connosco...os sorrisos, os olhares....
Lindo.....
Beijos e abraços
Marta

Anónimo disse...

Alexandre.
Não sei que dizer.As lágrimas ainda nao secaram, nem será por estes tempos mais próximos.Sei que a estimaste e estimas a mãe que ficou sem mais esta filha.!!!!!
OBRIGADA MUITO OBRIGADA.

Ka disse...

LAmento imenso...

Um beijinho grande

Sol da meia noite disse...

Muito para lá das palavras...

Emocionante.


Beijos * *

sol poente disse...

É sempre tocante vermos partir alguém que amamos, alguém que queriamos ter entre nós e não vamos mais encontrar.
Não sei que dizer-te.
Abraço apertado

sol poente disse...

Alexandre
Perdi recentemente um amigo chegado e sinto-me mais pobre.

Senti muito esta mensagem.

Beijos

Sofia disse...

Um beijinho

Gigi disse...

*

Andreia do Flautim disse...

Beijinho!

Paula Crespo disse...

As partidas doiem sempre. Bela homenagem, muito sentida... emocionante, de facto.
Bjos

Entre "aspas" disse...

Custa sempre muito a perda de alguém que estimámos,mas ficam as lembranças,na passada quinta feira tb perdi uma pessoa muito minha amiga.
Mas permanece sempre vivas as lembranças..
Linda homenagem amigo.
Bjs Zita

Isabel-F. disse...

as partidas daqueles de quem gostamos deixam-nos sempre tristes ...

mas eles não vão embora ...
estão sempre connosco ...


fica um beijinho para ti

Anónimo disse...

Quando os que amamos abandonam o mundo físico, fica em nós a saudade de um olhar, de um sorriso, de um abraço...doi a ausencia física. Faz-nos questionar o porquê de ser esta a pessoa a partir, porque a "tiram" de nós. Eu acredito que não nos deixaram porque acompanham todos os nossos dias, sentimos a sua presença na força que sentimos sem perceber muito bem de onde a recebemos,que nos faz continuar, sorrir,"lutar", sobreviver a momentos menos bons e sentir a sua presença nos nossos dias. Onde quer que estejam, estam a olhar por nós...não nos deixam sós.
deixam-nos milhares de memórias e maneiras de ser que deles herdamos e de certo modo somos uma partes deles e ai eles sempre viveram.
Muita força e um abraço forte cheio de tranquilade.

Anónimo disse...

Obrigado Alex, pela presença, pela força e pela homenagem.
A minha tia é, já, mais uma estrela no Céu, que sempre torcerá por nós e por amigos como tu.

Mais um Anjo da Guarda.

Obrigado, amigo.

João Gandayo

Alice Matos disse...

Querido Alexandre...
Há aqueles que nunca partem, porque ficam em nós...
Esses lindos olhos parecem, realmente, daqueles que ficam para sempre...
Beijo grande e fecha nas mãos esse presente de amor que te deu a vida...

Bichodeconta disse...

Lamento..Fico feliz que penses assim, foi fazer uma viagem..Fica mais fácil suportar, mas dói demas.. Um beijinho, ell

sofialisboa disse...

podem até partir e não voltar, mas ficam no nosso coração para sempre aqueles que amamos. bjs meus sofia

bunny disse...

descanse em paz!

Secreta disse...

Quem habita o nosso peito , nunca parte.
Beijito.

Filoxera disse...

Laento muito, Alex. Mas os nossos afectos partem apenas em termos físicos...
Beijos.

PINA disse...

Só agora vim ao blogue e lamento
"a partida". Ao Alex apenas um
abraço sincero de afecto da Irene

Bill Stein Husenbar disse...

Há um texto de Bill Stein Husenbar - no blog Desabafos Solitários que dizia assim:

"E quando as minhas cinzas te encontrarem iremo-nos abraçar e caminhar de mãos dadas pelo mar, iluminado pelo pôr-do-sol... Até já." - BSH

Será sempre um até já!´

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

© Piedade Araújo Sol disse...

que homenagem tão bonita!

beij

BlueVelvet disse...

Querido Alexandre,
um grande e sentido abraço.
Beijinhos amigo