quinta-feira, 15 de novembro de 2007

RESPOSTA A DESAFIO!



«Ao entender as necessidades primordiais de uma mulher, o homem será capaz de ser mais sensível e respeitador das suas necessidades»








Pois é, estou finalmente a responder a um desafio que me foi lançado por vários bloggers - o tal desafio que consiste em pegar no livro que tivermos mais à mão, abri-lo na pág. 161 e transcrever a 5.ª frase completa.


Dos muitos livros que tenho espalhados por casa - no que respeita a livros, e não só, sou muito desarrumado - saiu-me «Os Homens são de Marte, as Mulheres de Vénus». O autor é John Gray e o livro aborda - como o próprio título indica - as relações entre homens e mulheres, indivíduos que pertencem à mesma raça mas que por vezes tão diferentes são.

As relações entre sexos sempre me fascinaram, por isso tenho procurado documentar-me o mais possível sobre o assunto. Mas chego à conclusão que não há livros, não há manuais, não há programas de televisão, que substituam o contacto entre pessoas de géneros diferentes... ou melhor, chego à conclusão que nesta matéria nunca se chega a conclusão nenhuma... as pessoas - homens ou mulheres - são todas diferentes umas das outras, não há regras nem leis que possam reger a relação entre homens e mulheres - quer dizer, acho eu... se alguém souber a fórmula mágica, eu compro-a! Qualquer que seja o preço!!!

Desta vez não vou passar o desafio a ninguém em concreto porque sei que quase todos os bloggers já responderam a este desafio, mas se alguém lhe quiser dar continuidade, esteja à vontade!

Entretanto, comunico que a Tania ficou entusiasmada com a recepção ao seu poema e reproduziu-o no blog que acabou de criar - é o Poeta Jovem (clicar).

30 comentários:

Blue Velvet disse...

Querido Alexandre,

como mulher posso dar-lhe a fórmula mágica.
Mas, como disse o preço é alto.:)

Pena disse...

Amigo Deslumbrante e Estimado Alexandre:
Olha, desculpa já concretizei o desafio noutros blogs, não vou fazê-lo aqui, mas o que disse referia-se ao livro mais exposto no meu humilde escritório repleto deles. Era o "Sétimo Selo" do brilhante José Rodrigues Dos Santos de que sou admirador como leitor assíduo. Desculpa-me, por favor.
Quanto ao que referes brilhante e polemicamente junto das pessoas interessadas sobre a relações interpessoais e humanas entre mulheres e homens quero dizer-te umas coisas que não sei se concordarás.
Tanto umas como outros deverão permanecer sempre dialogando entre si numa saudável harmonia e bem-estar, pois, são diferentes e isso só dá à vida encanto e beleza.
As relações entre marido e esposa devem ser "ralhadas", sem essa atitude algo soa a falso. Não devem, no entanto, dialogar, fazendo-o mais acesamente em frente dos filhos. Estes interiorizam as palavras e podem sentir-se inseguros, perturbados. De vez em quando, devem sair juntos(Almoçar, jantar, amarem-se e tentarem a paz tolerante em que devem abdicar com sensatez e sem orgulho, as suas opiniões mais insensatas). Olha, se calhar sou um lírico, um eterno sonhador, desculpa. As soluções para a harmonia devem evidenciar-se dentro do respeito mútuo e sincero.
Se não concordares, desculpa. Sou assim e já não mudo. Dou-me muito bem com as mulheres, seres ternos e encantadores. As maiores amigas dos homens e dotadas de uma sensibilidade gigantesca.
Desculpa. Sou assim. Penso assim.
Não são soluções, longe disso, mas são fruto do meu estar, ser e sentir.
Desculpa!
Amigo Talentoso e estimado Alexandre, um Gigante Abraço pelo que representas para todos nós. Imenso!
O sempre presente (Desculpa algumas faltas) mesmo na ausência.

pena

Desculpa as aberrações que se calhar proferi, mas sou feliz assim! Só consigo viver desta forma.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Ainda bem que homens e mulheres são diferentes. A homogeneização não desperta interesse. Pelo menos na minha opinião.

irneh disse...

O pior nem é cada um de nós ser único. Pior do que isso é que estamos sempre em contínua evolução. Aquilo que fomos ontem não é o que somos hoje, nem o que seremos amanhã. Claro que dá para nos irmos conhecendo, mas há sempre limites nesse conhecimento. Mas, como diz o Pena, pelo diálogo vamos lá. Mas diálogo franco sempre. Sem zonas cinzentas.

Beijinhos

Sol da meia noite disse...

O segredo está no "entender".
E sem sinceridade não há entendimento.
*

Tiago Nené disse...

obrigado pelo simpatico comment no Caleidoscopio sobre a minha poesia;)

abraço:)

www.tiagonene.pt.vu

a.filoxera disse...

As mulheres têm um bocadinho de Marte, os homens têm um bocadinho de Vénus, nada é só isto ou aquilo, não acham?

M. disse...

Tenho aqui um livro ao lado e não chega à página 161. Portanto livro me de desafios e o título.. realmente, falta-lhe o título ;)
Conheço o livro que referes apenas de nome mas confesso que já andei de olho nele. Tenho tempo! Acabo sempre por comprar outro e entretanto,preciso de mais prateleiras que nem tenho onde arrumar tanto livro.
E para que quer o meu caro Alexandre a fórmula mágica que lhe forneça a compreensão das estranhas relações entre homens e mulheres? A descoberta por si não o atrai?
Se tudo tivesse explicação não nos sobraria nada para tornar a vida mais interessante. Descobrir é essencial.

Beijo imenso

Vieira Calado disse...

Por acaso também já andei nessas andanças de escolher o livro.
Agora outra coisa: Astronomia.
É muito fácil ver a Lua,
mesmo de dia.
Até mesmo se ela em quarto, por exemplo.
Um abraço.

Tiago Nené disse...

obrigado pelo comment sobre a minha poesia. foi simpatico.

abraço

www.tiagonene.pt.vu

PS: se fosse possivel fazeres um post nos teus blogues sobre a apresentaçao na fnac do algarve shopping (esta td na minha pagina) seria perfeito;)

Outonodesconhecido disse...

Há anos fui a uma feira do livro e comprei o livro em questão. Nem entrou em casa, fi ao multibanco e deixei-o lá esquecido. Achei que era um sinal e naõ voltei a ter um examplar na mão.
Achoq ue somos todos de Marte ou de venus, consoante os dias, as situações... A questão está em que na maior parte dos casos nunca somos de Marte ou Venus em simultâneo, daí a problemática...
um bj

Andreia do Flautim disse...

Esse livro em cima deve ser interessante!

MARTA disse...

"Queimaram os velhos e os doentes nas suas camas e antes de serem mortos a sangue frio, forçaram os homens a entregarem as armas" - Pág. 161 - A Ilha de Vitoria Hislop.
Espero ter respondido ao teu desafio.
Beijos e abraços
Marta

carla granja disse...

já respondi a esse desafio :)
♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥ . . ♥
......... ) ` - . .> ' `( ........
........ / . . . .`\ . . \ ............vim♥
. ....... |. . . . . |. . .| ...........te♥
.. ....... \ . . . ./ . ./ ..........fazer♥
........... `=(\ /.=` ...............uma♥
............. `-;`.-' ............ .visita♥
. .............. `)| ... , ............ e♥
................ || _.-'| ......... deixar♥
............. ,_|| \_,/ .............. uma♥
. ...... , ..... \|| .' ..............rosa♥
....... |\ |\ ,. ||/ .................para♥
. ... ,..\` | /|.,|Y\, ................que♥
..... '-...'-._..\||/ ............ ....teu♥
......... >_.-`Y| .....................dia♥
.............. ,_|| .................fique♥
................ \||.............perfumado♥
................. || .............♥
................. || .Bjs...♥
e bom fim de semana
carla granja

Fernanda e Poemas disse...

Querido amigo Alexandre, também tenho esse livro e outros do género.
Este é um tema que me fascína e que faz parte do meu trabalho.
Adorei que focasses este universo tão complexo.
Obrigada amigo,
Muitos beijinhos,
Fernandinha

Cusco disse...

Olá! Passei para desejar um bom fim-de-semana!
Ainda não li essa obra.Actualmente estou a ler o ultimo do Miguel Sousa Tavares, e do Lobo Antunes!
Tanto um como outras obras interessantes. Já vi este desafio em muitos blogs mas também nunca respondi ainda. Achava mais interessante a frase ser lançada com o intuito de se descobrir qual a obra! Aí seria obra…
Um abraço!

GarçaReal disse...

A relacção entre homenes e mulheres é sempre imprevisivel.
Daí o aliciante de certas situações...
Sem essas diferenças a vida é vegetante.

bjgrande e Bom Fim de Semana

Um Momento disse...

Esse livro deve ser espéctacular
Parabéns !
lá ando com ele também(n o Desafio) para o publicar um dia destes( mais uma vez...Sorrindo)

Beijo sorridente e bom fim de semana

(*)

Dhyana disse...

Vou copiar a frase e distribuir por aí, há homens que precisavam de ler algo assim ;)
Bom fim-de-semana.

Gi disse...

Não há fórmulas e ainda bem. Acaba-se o mistério, o jogo da sedução, o prazer de agradar . Tudo seria óbvio, não havia conquista.Deixava de haver prazer, surpresa. Seria uma terrível monotonia. Todos os dias mudamos, todos os dias aprendemos, todos os dias enriquecemos.

Se houvesse fórmulas mágicas a que eu queria não era a do entendimento entre o homem e a mulher . O wue eu queria mesmo era o entendimentos

do HOMEM pelo HOMEM. Aí teríamos paz e não pararíamos de nos surpreender.

um beijo

Alice Matos disse...

Olá Alexandre...
Já li o livro, mas não me deixou nada de muito especial...

Beijinho grande para ti...
Agora vou visitar a Tânia...

Alvaro Gonçalves disse...

Boa noite Alex, meu bom amigo,

Fórmula?, rss...
Não existem, mas existe a convivência diária em harmonia e é aí que nos encontramos todos.
Xi - corações mil.

A Flôr disse...

Sinceridade acima de tudo!

Boa, então acabas de te tornar padrinho da jovem Tania!.. boa! Mais um "sentir" chega à blogoesfera... vou já visitar o cantinho dela e dar-lhe as BOAS VINDAS! :)

Amigo Alex, deixo ficar o meu :-* e votos de um fim-de-semana em cheio.. e pelos vistos... com algum friozinho! eheheh...nesta altura é tão bom homem e mulher entenderem-se!... porquê no tempo do frio?!... para aquecerem os pés um ao outro!! ahahah

Abraço apertadinho em tu, Amigo Alex e fica bem

Flor

Carminda Pinho disse...

Curioso, nunca me deu para desfolhar sequer esse livro. Fiquei com a curiosidade aguçada.
Obrigada.
Beijinhos

Oliver Pickwick disse...

Sábia conclusão, Alexandre, a de que nos relacionamentos entre sexos, não há conclusão nenhuma.
Abraços, e tenha o melhor dos fins de semana!

*©õllyß®y disse...

Deve ser muito interesante...

Tem presente aqui, em meu rastoooooo

Bjca doce

Bichodeconta disse...

Conheci esse livro há uns anos, através da minha amiga Mizá.. Com ela conheci ou confirmei outras coisas que guardo.. Do livro, acho que ele é bem claro nas diferenças , só não sei porque de quando em vez se erguem bandeiras pela igualdade... Se essa igualdade for por direitos e deveres iguais, contem comigo, mas não contem comigo para frescuras do género, homem levanta-se para eu me sentar, porque sou mulher, ou abre a porta do carro, ou carrega as compras.. UM BEIJINHO ALEXANDRE..BOM FIM DE SEMANA...

miruii disse...

Obrigado pelas tuas palavras, pá, só hoje dei por elas...
Às vezes o vento leva-me e nem vou ver se há gente que ouça um mosquito. Mas eu já falei sobre isso:
Não há homens nem mulheres, há pessoas. PESSOAS.
É difícil isto?
Já vi que sou um mosquito mais inteligente que muitos homens...
Picada forte

João JR disse...

lol....!!!! agora foi o máximo este teu post...vai ao meu "Desafios" e entenderás porquê!!
Beijo grande amigo:)

Paula Crespo disse...

Isso de os homens serem de Marte e as mulheres de Vénus é muito redutor. Por vezes, invertem-se as "origens"! Como se não houvessem mulheres belicosas e homens sensíveis!...
Faz-me lembrar a questão das quotas para mulheres: é assim uma espécie de protecção das minorias... A meu ver, nada de mais errado. Vivam os melhores, independentemente do género.