domingo, 28 de setembro de 2008

UMA FESTA ESPECIAL E UMA DEDICATÓRIA À SOFIA LISBOA!

A Sofia Lisboa (clicar) ofereceu-me um post/poema no seu blog. Uma excelente altura para eu parar um pouco e fazer um «balanço» sobre tudo o que de bom os blogues me trouxeram, desde há dois anos e meio para cá... Obrigado, Sofia! E obrigado a todos quanto se cruzaram e se cruzam na blogosfera comigo! No fundo, as minhas amizades estão praticamente «reduzidas» à blogosfera... e ainda bem, digo eu!

Desde que o meu grande amigo Paulo foi para o Brasil atrás de um grande amor - e para além das relações familiares, de vizinhança e de trabalho - o Pedro Barroso é praticamente a única pessoa com quem me relaciono fora dos blogues ou fora da net. Não tem nada demais: acho que os blogues - e não os chats nem o hi5 - servem para juntar as pessoas que têm interesses comuns. E é assim que tenho feito novas amizades e conhecido pessoas... mas pessoas verdadeiras!

Amigos virtuais - desdenharão alguns, eu sei! - mas posso garantir que as amizades que começam virtualmente são mais duradouras e, quiçá, mais completas que as outras amizades! É que podemos não ter o corpo do amigo/a perto de nós mas temos com certeza a Alma deles!


Pedro Barroso foi o anfitrião de uma festa muito especial no Sábado passado. Estive lá a testemunhar mais uma vez que a voz é tão imponente como o corpo e como a alma... e daqui a uns dias aí estará novo disco do melhor trovador dos tempos modernos!

BONITA é uma das composições mais... bonitas do Pedro Barroso (é impossível escolher a mais bonita!).
Aqui fica a letra para todas as pessoas BONITAS que estão aí desse lado:


Primeiro foram as mãos que me disseram
que ali havia gente de verdade
depois fugi-te pelo corpo acima
medi-te na boca a intensidade
senti que ali dentro havia um tigre
naquele repouso havia movimento
olhei-te e no sol havia pedras
parámos ambos como se parasse o tempo
parámos ambos como se parasse o tempo

é tão dificil encontrar pessoas assim bonitas
é tão dificil encontrar pessoas assim bonitas

atrevi-me a mergulhar nos teus cabelos
respirando o espanto que me deras
ali havia força havia fogo
havia a memória que aprenderas
senti no corpo todo um arrepio
senti nas veias um fogo esquecido
percebemos num minuto a vida toda
sem nada te dizer ficaste ali comigo
sem nada te dizer ficaste ali comigo

é tão dificil encontrar pessoas assim bonitas
é tão dificil encontrar pessoas assim bonitas

falavas de projectos e futuro
de coisas banais frivolidades
mas quando me sorriste parou tudo
problemas do mundo enormidades
senti que um rio parava e o nevoeiro
vestia nos teus dedos capa e espada
queria tanto que um olhar bastasse
e não fosse no fundo preciso
queria tanto que um olhar bastasse
e não fosse preciso dizer nada

é tão dificil encontrar pessoas assim bonitas
é tão dificil encontrar pessoas assim pessoas


14 comentários:

sofialisboa disse...

alex gosto deste teu desabafo, que te tenha trazido um sorriso tão grande como aqueles que me dás quando leio as tuas palavras. sofia

sofialisboa disse...

alex gosto deste teu desabafo, que te tenha trazido um sorriso tão grande como aqueles que me dás quando leio as tuas palavras. sofia

Andreia do Flautim disse...

A quem?

Lia disse...

Não precisa ter um rosto, mas precisa ter uma alma...Amigo virtual... é gente real!Gostei do post;0)Conheço Pedro Barroso;0)Gosto das músicas e letras dele.
Beijocas:0))))

Sol da meia noite disse...

Os amigos virtuais, sentimo-los bem reais...
A amizade virtual toca a alma... aproxima sentires...

Pedro Barroso... sempre!!! Um homem que canta com voz e com alma!!!


Beijinho *
:-)))

Delfim peixoto disse...

É tão dificil... mesmo tão dificl
:)
Abraço

sofialisboa disse...

até parece que não tenho vindo aqui, os primeiros comentarios comentei outras palavras, e quando abria o computador pensava, como é bom ter amigos aqui também, eu acho que tenho amigos cá fora, mas aqui também tenho e se são importantes . bjs e obrigada pelo nada que fizeste para mim sofia

Laura disse...

Olá Alexandre, entendo-te e tenho também imensos amigos aqui na net, gente que partilha o meu blog já desde que abri as portas, novembro de 2006, e adoro-os, dentro de uns dias vou conhecer um que vem cá a casa passar o domingo mais a muié...estou encantada, e já tenho mais amigas agendadas, é que a empatia vai surgindo!...
Moço, só logo é que posso ligar as colunas para sentir a voz do Pedro, e ahhh esse é que era bom para cantar algumas das minhas canções, fados , poemas que tenho tantos, pena não o conhecer..o que ai está tem a letra e assim tentarei guiar-me por ela..mas adoro ter quem me cante para dar as palavras certas no momento certo não sei se me entendes!...é que não basta ler é precisos aber onde vai a canção e tentar levar a letra ao memso tempo..mas deixa lá que daqui a meses já poderei ouvir com o implante e ai sim...Beijinhos da laura aprendiz de pintura..

Maria Clarinda disse...

Alex, agora que eu voltei não vais partir, promete-me!
Adoro ler-te , as tuas fotos e ...a n/Amizade.
Jhs mil

BlueVelvet disse...

Alex, estás cheio de razão.
Também já te fiz uma homenagem no meu blog, como a raíz da àrvore que aqui me fixou, e como amigo que passou há muito do virtual para o real.
Muitos beijinhos

Isabel-F. disse...

belissimo poema Alexandre ...

e estou de acordo contigo, no que dizes em relação às amizades feitas aqui ... nos blogues ...


beijinhos

Marta disse...

Boa escolha, Alex...
Tens toda a razão sobre as amizades feitas nos blogues - encontra-se sempre uma palavra amiga, apoio incondicional...
Desculpa a ausência, mas a minha Mãe não tem estado nada bem e a tua amiga aqui muito cansada...
Beijos e abraços
Marta

ContorNUS disse...

Grande homenagem e merecida ;)
Parabéns pelo registo e Obrigada pela partilha

Bichodeconta disse...

Olá meu amigo, deixa que te considere deste geito.. Sei do que falas, a amizade virtual pode não ser entendida por muitas pessoas, mas não impede que tome conta de nós, e seja de muita importancia na/s minha, (nossas)vidas..
Sempre que não estou a trabalhar, e se estou só, pouco vou á rua, só o suficiente para comprar alguma coisa de que precise, e o meu mundo está aqui também.. Quando estou acompanhada, saimos pra caminhar, pra ver o mar, para fazer fotografia pela cidade ou no campo.. Os nossos interesses não são muito comuns, não somos grandes ferquentadores de Centro Comercial, e gostamos de vestir e viver de forma simples.. A parte humana das pessoas tem para nós muita importancia, E não preciso de te tocar fisicamente para sentir a tua amizade e desfrutar dela.. Gosto muuuuuuuuuuuuuuuito de ouvir o Pedro Barroso que não conheço pessoalmente, mas tenho dele uma óptima impressão como ser humano.. E depois, aquele potencial de voz!!!!Espero continuar a merecer a tua amizade , virtual?Pois seja, mas só há amizade onde há capacidade de dádiva e de entrega, e onde os valores humanos se subrepoem a outros que não vale a pena citar.. E porque sei que um dia até podemos vir a conhecer-nos pessoalmente prometo nessa altura dar-te pessoalmente o abraço que por agora vai só virtualmente.. TEM UM BOM FINAL DE SEMANA QUE SE APROXIMA..UM BEIJINHO, ELL