terça-feira, 2 de outubro de 2007


Corro para ti voando

Na suave brisa do vento,
Chegarei aí sussurrando
Os sons do pensamento!

Corro para ti voando
Nas cordas de um violino,
Uns acordes ensaiando
Até chegar ao destino!

Corro para ti voando
Pelo planeta dos sentidos,
No caminho vou deixando
Uns segredos escondidos!

Corro para ti voando
Pois já sei onde tu vais,
Pelo mar vou navegando
Até ancorar no teu cais!

Corro para ti voando
Pela estrada infinita,
Enquanto vou pensando
Em como tu és bonita!

Hoje ando na correria outra vez... como se vê!!!
Mais um «tesourinho» que (re)encontrei
no fundo da gaveta e na gaveta do fundo...

39 comentários:

Sol da meia noite disse...

Voa então a correr!!!...
;)

Muitos beijinhos!!!

MARTA disse...

E venho, "voando", deixar um beijinho e dizer que está lindo...
Até já
Beijos e abraços
Marta

*Marta* disse...

Também tens um baú..:)
Este teu poema tem uma nota de algo "infantil" dada a simplicidade na mensagem que contém. "Corro para ti voando",por entre campos verdejantes, e esperas me no outro lado para trocarmos segredos. Lindo o "filme".
Beijinhos.

PS: ouch, além de um baú tens mais martas :)

*Marta* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
*Marta* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
*Marta* disse...

fogoo saiu tres vezes..sorry!
coofff

Marrie disse...

Teus poemas são de uma graça bastante peculiar...... algo de menino, algo de inocente.... ao mesmo tempo.... unido à maturidade dos teus sentimentos!

beijinhos doces

Lusófona disse...

Voa Alexandre, que nós ficamos cá a sonhar com as tuas palavras.

Beijinhos Querido!

Anónimo disse...

Olá.
Gostei do blog e vou disponibilizar um link para o teu.
se quiseres visitar o meu blog
www.almanaquetodos.blogspot.com

Abraços e continuação de um bom trabalho

Isabel-F. disse...

gostei desta tua corrida ....


beijos

Andreia do Flautim disse...

Corre corre!

Mário Franco disse...

Lembra ,de facto, poemas de adolescência,nessa altura quando se amava corria-se para todo o lado...o importante era lá estarmos
ali ao lado,de mão dada,braço dado...

De Amor e de Terra disse...

Tão simples e tão doce que toca a alma!

Obrigada pela partilha!


Beijo

Maria Mamede

Jasmim disse...

que lindo poema Alex.
Gostei muito, muito mesmo
Bjocas

Odele Souza disse...

Uma graça.
Gostei particularmente:
"Corro para ti voando
Nas cordas de um violino", instrumento que adoro. Como é lindo o som de um violino não é Alexandre?

Um beijo.

Libelinha* disse...

É tão bom escrever, não é?

Poliedro disse...

Amigo Alexandre:
Este:"Corro por ti voando" assemelha-se a uma linda aparição do alvorecer de um amor lindo e puro, esquecido e encontrado presente e deslumbrante no fundo de uma gaveta milagrosa. Um milagre feito de palavras reencontradas que enternecem.
Surpreendemente e terno, adornado com o carinho e a delícia do teu sentir e ser que deixam marcas UNIVERSAIS!
Fescinante poema. Encantador, que tudo silencia.
Alexandre, PARABÉNS sinceros!
A tua Alma poética é GIGANTESCA!
Desculpa só agora comentar, mas a vida apresenta-se a correr, de um lado para a outro desenfreada e intensa.
Só à noite consigo abrir este computador e falar com os amigos.
Por isso, desculpa.
Fiquei atónito pelo teu versejar lindo. Magnífico, sem sombra para dúvidas, acredita?
Um grande Abraço Amigo de estima pelo que és.
pena

Alice Matos disse...

São uma delícia, estes teus "tesourinhos"...

Beijos carinhosos...

irneh disse...

Algo de muito juvenil nestes versos...mas bonitos como sempre.

Beijinhos

Gata disse...

Vais ficar muito cansado!!!
De braços e de pernas!

Beijinhos de gata!

Um Momento disse...

E que belo Tesourinho
Mas não corras tanto:))
O poema é lindo:)))))
Beijo em Ti!!
(*)

Maria disse...

Vais descobrindo cada coisa no fundo da gaveta....
Que poema lindo...

Beijinhos

Blue Velvet disse...

Corro para ti voando - aiiiiiiiiiii
tem um ritmo, o poema, e esta frase
...
Como eu queria correr para alguém voando

Alex, guarda bem a gaveta e o fundo da geveta.
Bjinhos
BlueVelvet

turbo disse...

Todos temos "tesourinhos" e este teu é de uma simplicidade extrema mas cheio de ternura. Gostei.
E provavelmente ainda tens mais lá no fundo da gaveta.
bom fim de semana

carla granja disse...

nossa! como tá lindo o teu poema parabéns adorei mesmo:) é simples e têm as palavras todas k eu gosto de serem lidas em poemas :) corro para ti , corre para mim e vêm lêr o meu ultimo poema k hoje por acaso não tem picante têm apenas um mistério:) mas te confesso e é dito do fundo do coração gosto mais do teu poema k do meu:)
bjo
carla granja

Diário de um Anjo disse...

Corres e voas, hehehe..grande exercicio e um excelente poema;-)
beijinhos

Marlene Maravilha disse...

Que maravilha! Vai para lá correndo e nao percas tempo!
bejo

Gi disse...

a beleza das coisas simples ...
revelaste cedo alma de poeta. quem a tem nem precisa de saber escrever ... às vezes basta senti-la. ela está no olhar que dispensamos às coisas. Um beijinho

Tiago disse...

Então aconselho-te a virares já a gaveta ao contrário e a colocares aqui tudo, porque este está muito bonito!

parabêns! ;)

Tiago

Sei que existes disse...

Tu és um verdadeiro poeta! Tens de voltar a esse tipo de escrita!
Beijinhos grandes

Sophiamar disse...

saio voando ao encontro do meu amor.

Deixo-te beijinhos e desejo-te um bom fim de semana.

Murmurios disse...

Esboços amarelecidos pelo tempo
De um passado ainda presente

Com a quimica das minhas lágrimas numa bela melodia
O tinteiro da melancolia sentida enchi


Terno beijo Alex

HelloCátia disse...

lindo lindo lindo!!!

e ler este poema acompanhado por esta musica é ainda melhor..

lindoo..

beijinhos..

Papoila disse...

Corro para ti sempre que versejas assim...


Beijinhos
BF

a.filoxera disse...

De certeza que ela te recebeu de braços e sorriso abertos. Pudera!...

margusta disse...

Olá Alexandre,
...Adorei o teu Poema , assim como outros que já aqui tens postado.
Tens veia poética amigo...tens que nos mostrar mais da tua poesia...eu sou tua fã :)))

Beijinhos muitos e bom resto de fim de semana!

Diva disse...

Devias vasculhar mais vezes esse bau... Voaste ate mim com essas palavras... Afica fico-te mesmo aqui ao lado.
Bjs meus

Anónimo disse...

Boa noite, vim só te dá um cheiro de boa noite!!

Beijos de sua amiga

Maga disse...

Saiu como Anonimo, não entendi o porque rsss...mas sou euuu Maga, vou tentar de novo pra ver se aparece meu nome..beijos