domingo, 7 de outubro de 2007

TENHO QUE VIRAR A MINHA VIDA DE PERNAS PRÓ AR!



Já estou como o Ricardo Azevedo:
tenho que virar a minha vida de pernas pró ar...
Para que não fique como um barco
virado ao contrário na areia...
sem maré cheia...


48 comentários:

veritas disse...

Se for preciso, terás de o fazer. São momentos de determinação. E muita força. Eu já o fiz...e não me arrependi.

Bjs. Boa semana.

Betty Branco Martins disse...

Querido Alexandre

Às vezes nada mais se pode fazer__________só mesmo virando tudo de pernas para o ar:))

Beijinhos com carinho

Lia disse...

Importante é que ele não fique na areia, à espera, sem nunca se fazer ao mar...

Um beijo doce

Sol da meia noite disse...

Então vira... ;)

Deixo beijos!!!

DairHilail disse...

não vires.... senão tb tenho que ficar contigo...enquanto viras a tua vida...
1 bj para ti Alex

Lapa disse...

Temos que nos exercitar na contrariedade...


Cumprimentos!

Maria disse...

Vamos sempre a tempo de recomeçar.... ou começar de novo, como queiras....

Já o fiz em alturas importantes da minha vida. Não me arrependo.....

Beijinhos

Carminda Pinho disse...

Ops!
Virar a vida de pernas pró ar?
Se for pa ser feliz, fixe!
Beijos

Blue Velvet disse...

Se for para concretizar os sonhos...mas cuidado que "não há almoços grátis"
Mas força, tamos aí.
Beijinhos
Blue

Cristina disse...

Há alturas em que todos temos de dizer "BASTA" e que decidimos virar a nossa vida... é o Grito de Ipiranga dos tempos modernos!!

Um grande beijo e boa semana

Luz&Amor disse...

Oi Alexandre. Às vezes é preciso começar tudo de novo. Mas, se precisa virar, o faça. Com certeza, ficará bem consigo. Um beijo e uma boa semana à ti.
Bjs

NiNa disse...

:) às vezes é mesmo a única solução!
Boa sorte! :)) e Força!
Bom início de semana bjinhos

Secreta disse...

Ás vezes é preciso! Em todos os sentidos!
Beijito :)

Andreia do Flautim disse...

lol, gosto da música!

Cris disse...

Virar-nos de pernas para o ar por vezes até é positivo, traz uma nova visão do mundo à nossa volta!! Espero que seja o teu caso!!

Bjs

Sei que existes disse...

Nem sempre é fácil de o fazer, mas se sentes que o tens de fazer, pois então fá-lo!e procura ser feliz!
Beijocas grandes

Lusófona disse...

Força Alexandre!! Vais ver que é melhor [tentar], arricar, do que [continuar], ficar na areia a ver a vida passar...

Beijinhos Querido

Luís Galego disse...

alturas existem em que as ruturas são necessárias...em que virar tudo do avesso é o principio de um sonho...força, se for esse o caminho...

Cristina disse...

Então toca a virar
:)
força
:)
beijinhus

GarçaReal disse...

Estou a tentar ver a tua vida virada....


bjgrande

Rui disse...

Temos o direito de fazer o q quisermos da nossa vida, mas evitando magoarmos ou enganarmos as pessoas q nos são queridas... mas mesmo assim, no fim só ficamos nós perante nós próprios, muito do que nos cerca é efémero, quem não nos for efémero faz parte de nós.

Entre linhas... disse...

Por vezes não é fácil,mas no entanto é necessário aquando de diversos turbilhões quando a areia persiste em não assentar.
Bom início de semana amigo
Bjs Zita

Papoila disse...

Haverá uma altura em que a maré subirá e o teu barco voltará a navegar no mar...

Jinhos
BF

Márcio disse...

Nada melhor do que um Pólo Norte - Deixa o mundo girar!!! :)

Jasmim disse...

Olha...
vou fazer o mesmo...
talvez resulte
bjocas

Fernanda e Poemas disse...

Alexandre amigo, vira o barco se pensas que esse é o teu caminho.
Depois não olhes para trás segue em frente.
Amigo grata pela tua visita ao meu cantinho.
Beijinhos!
Fernandinha

irneh disse...

Vira o barco enquanto é tempo. Não te deixes asfixiar debaixo dele!

Beijinhos do Alentejo! Agora está verdinho!

a.filoxera disse...

Eu acho é que a minha está virada de pernas para o ar. Ou de cabeça para o chão, ou de braços para onde não devem, qualquer coisa assim...
Tenho é de reposicioná-la como deve ser.
Mas diz-me uma coisa: não comunicas por telepatia, não...?

clautixa disse...

Bem eu este já virei a minha vida de pernas para o ar.. mas já faz cá falta mais umas mudançazitas..
Mas para algumas coisas nao depende só de mim..
beijinho

Marrie disse...

Sempre há momentos de renovação......... e p/tal sempre deixamos algo p/trás!
SE for assim........ q assim seja!
bjs

O Sibarita disse...

Kkkkk É isso aí Alexandre! Toda mudança é assim e em frente...

abraços,
O Sibarita

Um Momento disse...

Hum...
às veze é bom uma viragem completa
Depende da forma como se faz essa viragem
Força e ... boa sorte:))

PS: Deixei uns miminhos numa cestinha para ti no meu cantinho
Aceita-os com o meu carinho
Beijo de bom dia :))

(*)

Mary Wants a Little Lamb disse...

Antes que seja tarde!

Beijos ♫

Ovelha Negra ♫ disse...

Eu voto a favor. Sempre contra o marasmo!
beijos ♥

Rui Caetano disse...

Só temos uma certeza neste recanto do mundo, essa certeza é que a vida corre sem nos darmos conta, por isso, se precisarmos de virar a vida de pernas para o ar que a viremos. Quem sabe se não acertaremos com a direcção.

Flôr disse...

Bom dia, repórter amigo! :))

Podes sempre virar a tua vida de pernas para o ar, desde que....

PARA MELHOR, desde que, seja para seguires em frente e NUNCA, mas nunca, para recuares ou estagnares!

Beijo amigo da Flor

Navegante Do Amor disse...

Gostei de estar por aqui. Obrigado pelo apoio...Apareça sempre.

Vera disse...

Somos dois amigo!!!
Eu ajudo-te ;)

Beijinhos

Dar de Vaia disse...

"h� palavras que nos beijam como se tivessem boca"

xi

São disse...

Venho aqui para lhe pedir isto: quandi tiver notícia da saída do CD de Zeca Medeiros( ou de algum espectáculo),deixe-me recado num dos meus espaços,POR FAVOR!
Se quiser dar uma passada por lá, dispomha sempre e em qualquer altura, agredecendo eu que deixasse sinal.
Saudações, esperando que me leia entre tanta gente...

Tiago' disse...

E fazes bem. Ajudas-me a fazer o pino? pode ser que o mundo fique melhor...

Um abraço! ;)
PS: novo post no Reflexões Exteriores :)

*©õllyß®y disse...

E não é mesmo, andas tudo de pernas para o ar...ainda bem que és Homem, vé só quem anda de saias!

Doce bjoca

Rui disse...

É assim, a única coisa q me interessa neste país é a praia e, digo-vos, tem estado excelente, muito melhor d q em Agosto e Setembro, água mais quente, calma, sol quente e envolvente mas não abrasador, estou bronzeadíssimo com 8 dias seguidos de 4 horas/dia. Hoje, c a maré a encher, fartei-me de nadar e mergulhar numa água tépida lagunar.
Um senão: a partir do dia 15 de Set as praias são invadidas por cães e respectivos donos. Para quê?
Vão à praia, tá? E não levem os cães, pf.

Rui disse...

Olha, Alex, desisti de fazer comentários a textos dos jornais on line. Cada vez que faço um comentário mais crítico ao status quo, pouco tempo depois a operadora corta-me o sinal e vejo-me aflito para voltar a entrar na net, e vejo q o comentário não está lá!
Desisto, este país morreu, viva a sua morte!
Alex, se queres mudar de vida vai-te embora daqui, isto aqui tem fungos, bolor, teias de aranha, cheira mal, os cães sujam as ruas e agora muitos africanos saciados de cerveja urinam em todos os cantos.

Anónimo disse...

Estudo
Portugal superado pela Andaluzia
09.10.2007 - 18h09 Lusa


Portugal ocupa penúltimo lugar na criação de riqueza per capita na comparação com regiões de Espanha

Portugal ocupava o penúltimo lugar no "ranking" da criação de riqueza per capita na Península Ibérica, apenas à frente da Extremadura, num estudo que compara o país com as dezassete regiões espanholas.

O País Basco, Navarra e a Catalunha lideravam o "ranking" da criação de riqueza per capita na Península Ibérica, com Portugal a ocupar o penúltimo lugar, superando apenas a Extremadura e situando-se imediatamente atrás da Andaluzia, segundo um estudo hoje publicado no último relatório da SaeR, de que é sócio-gerente o antigo ministro das Finanças, Ernâni Lopes.

O trabalho, "Um olhar sobre a competitividade regional na Península Ibérica", visou avaliar a posição relativa de dezoito zonas da Península Ibérica, incluindo Portugal, a partir de seis variáveis-chave (PIB, Exportação, Importação, População, PIB per capita, relativas a 2005, e a taxa de desemprego no período de 2006).

As séries de dados foram obtidas no Instituto Nacional de Estadística (espanhol), Instituto Nacional de Estatística (INE) e Agência Estadual Tributária.

No entanto, o estudo destaca que se a comparação se efectuasse com base no Produto Interno Bruto (PIB), Portugal surgia no terceiro lugar, em 2005, sendo apenas superado pela Catalunha e Madrid.

O relatório da Sociedade de Avaliação de Empresas e Risco (SaeR) destaca igualmente que "a médio prazo, a convergência [de Portugal] para o nível da União Europeia, dependerá sobretudo do PIB real [que terá, para tal, que retomar ritmos de crescimento bastante superiores à média europeia]".

Além disso, sustenta que terá de haver também um crescimento do nível geral de preços de acordo com o comportamento da produtividade.

No que respeita ao PIB per capita destacam-se pela negativa a Extremadura espanhola no último lugar do "ranking", zona que apresenta também a taxa mais elevada das dezoito zonas consideradas.

Quanto à dinâmica exportadora e o PIB, "nenhuma região supera a Catalunha", com Portugal a ocupar a sétima posição, segundo o trabalho.

*Marta* disse...

Também eu o quis fazer; de repente vejo-me aqui com saudades do meu Portugal, apesar dele precisar de tantas mudancas para ser um pais melhor. Beijos daqui Alex. Até breve

(raio de teclado...)

Su disse...

força.......

jocas maradas

Rui disse...

Alex, fala dos parques infantis deste sítio, uma vergonha que devia envergonhar mas não envergonha ninguém. Perto da zona onde moro há um parque infantil que vai resistindo à nova escumalha deste sítio, «brincam» lá adolescentes, beijam-se, nos cantos fazem sei lá o quê, há cães e cocó de cão... na parede pintado um pénis erecto e respectivos testículos. Mandei um mail ao presidente da junta a denunciar a situação. Resposta: nada podemos fazer porque o local ainda pertence à Câmara!!! Não conseguem apagar a pintura pornográfica onde crianças brincam pq o sítio é da Cãmara! Não gastem o vosso belo latim, isto precisa de luta armada para repor os valores, os princípios e a honra do GRANDE PORTUGAL.