terça-feira, 9 de outubro de 2007

Pais inconscientes ou deliberadamente negligentes!

Não, não é engano! Era exactamente esta a «imagem» que eu queria postar! Porquê? Já vão perceber umas linhas mais à frente!


Vou passar a contar-vos o porquê desta foto negra: este Sábado um amigo meu telefonou-me ofegante: «Eh, pá, anda aqui à minha rua e traz a máquina fotográfica! Houve um acidente enorme mesmo aqui à frente do meu prédio, uma mota chocou com um jipe, o puto é capaz de se safar, agora o adulto não me parece! A estrada está cortada e tudo... Talvez consigas meter as fotos nalgum jornal...»

Apesar do «entusiasmo» do meu amigo, e de eu estar ali perto, não correspondi ao apelo dele e não fui... nem ver o acidente, muito menos fotografá-lo! No dia seguinte soube que o «puto» era o Breno, um miúdo de 11 anos que eu conhecia, e o adulto era o pai dele. Iam os dois de mota - rezam as crónicas que em excesso de velocidade! - e chocaram contra um jipe, tendo a mota, inclusive, ido parar a várias dezenas de metros do acidente.

Mas... os prognósticos estavam errados: quem acabou por ser a vítima mortal foi o Breno, e não o pai! O Breno era brasileiro e a avó - que acabara de chegar do outro lado do Atlântico - já não o viu... Acidentes acontecem, claro, mas quantos podiam ser evitados ou pelo menos atenuados!

Parece estar na moda os pais atentarem contra a vida dos filhos! Uns por acidente mas outros por pura deliberação ou negligência grosseira: um pai matou o filho no primeiro dia de caça, a Sara (de 2 anos) foi - ao que consta - morta a pontapé pela mãe... e agora o Breno nunca mais vai brincar com os amigos porque o pai foi inconsciente... e isto só para falar nos casos mais recentes! haverá muitos outros que não me ocorrem mas que vocês se lembrarão com certeza!

É questão para dizer: filhos, ponham-se a salvo dos pais... pelo menos de alguns tipos de «pais»!

34 comentários:

a.filoxera disse...

Como costumo dizer, não é bom existir, apenas. É preciso ter-se sorte com os pais que nos calham...

Sol da meia noite disse...

O que aqui escreves, dá que pensar...

Deixo beijos!

Maria disse...

Não tenho comentários.....

Odele Souza disse...

Mais um exemplo de paternidade irresponsável. Triste e lamentável.
Um beijo.

Rui disse...

Um país onde muitos cães são mais bem tratados (até serem abandonados por não poderem ir tb de férias ao Algarve) do que muitos filhos...

Ka disse...

sem palavras...

arrepia-me pensar que há quem não tenha auma atitude responsável em relação aos filhos...

Beijo

Cristina disse...

É indecente... deveria haver escolas para pais: quem "chumbasse" não podia ser pai/mãe.

Um grande beijinho, Alex

Blue Velvet disse...

No comments,sobre o que contas.
Só um sobre o que não fizeste:
Que bom que não foste tirar a fotografia, Alex.
Ponto a teu favor.

Isabel-F. disse...

é revoltante ...

não tenho mais palavras a acrescentar.


bjs

turbolenta disse...

Infelizmente,todos os dias somos confrontados com casos destes.
Cada vez parece haver menos respeito pela vida humana, seja ela de quem for. E eu já nem tenho assim tantas certezas se alguns pais serão mesmo os melhores amigos dos filhos.
Passa pelo meu blog para veres umas maravilhas.
boa semana

Visão Caleidoscópica disse...

Que inconsciência!
É revoltante, caramba!
Nem tenho palavras.
E eu sou mãe....
Beijos.
Até mais....

Sei que existes disse...

Infelizmente há imensas mortes que podiam ser evitadas pelos pais... mortes, maus tratos físicos e ou psicológicos, falta de carinho/atenção... enfim!...
Beijocas grandes

Sei que existes disse...

Infelizmente há imensas mortes que podiam ser evitadas pelos pais... mortes, maus tratos físicos e ou psicológicos, falta de carinho/atenção... enfim!...
Beijocas grandes

Sei que existes disse...

Infelizmente há imensas mortes que podiam ser evitadas pelos pais... mortes, maus tratos físicos e ou psicológicos, falta de carinho/atenção... enfim!...
Beijocas grandes

Enfim... disse...

é verdade de facto embora não consiga perceber muito bem porque...verificou que á uma grande inresponsabilidade da maioia dos pais de hoje ao contrario dos pais de antigamete, estas coisas sempre aconteceram e acontecem a qualquer uma mas tb tenho verificado este tipo de casos com bastante frequencia o que me deixa constrangida e triste, porque á tantos casais que querem ter filhos e que tem td o carinho e amor para dar a um filho e não o podem dar e dps á outros que os tem cm quem dá pontapes e no entanto não sabem dar valor...é triste...á coisas que não se compreendem de td...

Enfim...beijinhos gandes pa ti

Rui disse...

Número de casos tende a aumentar
Depressão afecta 25% dos portugueses

A depressão é recorrente e tem tendência a aumentar
A depressão afecta actualmente cerca de 25 por cento dos portugueses e o número de casos desta doença mental regista uma tendência para aumentar durante este século, ultrapassando mesmo os números da gripe.







A conclusão foi apresentada esta terça-feira pelo presidente da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM), Adriano Vaz Serra, que falava aos jornalistas à margem do debate “A Saúde Mental um Mundo em Mudança: O Impacto da Cultura e da Diversidade”, a decorrer no Porto no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental.

Adriano Vaz Serra afirmou que, embora passe muitas vezes desapercebida, a depressão é “recorrente e incapacitante”, afectando desta forma a vida pessoal, familiar e profissional dos doentes.

"É provavel que a depressão venha a ultrapassar a gripe no século XXI", disse o presidente da SPPSM, acrescentando que actualmente já se reconhece mais facilmente os indícios desta doença. Adriano Vaz Serra salientou que a depressão é recorrente e apresenta uma longevidade cada vez maior, tendo tendência a aumentar. Aquele responsável destacou os transtornos mentais serem uma das causas mais proeminentes no suicídio, referindo que "cerca de 800 mil pessoas por ano, no Mundo, suicidam-se".

Na sua opinião, uma doença psíquica não é localizada, pois é um transtorno do próprio cérebro que impede o funcionamento normal das pessoas, devendo caber aos responsáveis pelos cuidados primários de saúde detectá-las.

"A identificação de uma doença mental, em especial da depressão, deve ser feita por um clínico, embora haja muitas depressões que passam desapercebidas, acabando a pessoa por não receber qualquer tipo de tratamento", salientou.

GarçaReal disse...

Realmente dá que pensar este teu alerta.
Ùltimamente as coisas não andam fáceis para os filhos.

Bjgrande

Marrie disse...

Assim como a imagem negra meu comentário é o silêncio!!!

???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????...

Andreia do Flautim disse...

Foi mesmo inconsciencia!
Mas deve ser muito doloroso quando o pai pensa que acabou por matar o filho!

Anónimo disse...

Pode parecer que não tem nada a ver, mas quem como eu, me dedico há muito tempo ás questões da Protecção de Menores em risco, apercebo-me que , além da insensibilidade galopante que se instalou na sociedade, os media em nada contribuem para melhorar a situação, e são muito responsáveis pelo aumento da violência.
Haja alguém que discipline isto e que diga o que não pode por exemplo
uma TV transmitir no noticiário.
Né "tudoanorte"

Tiago' disse...

Concordo com a Blue Velvet. Ainda bem que não tiraste a foto. prefiro esta, que apesar de escura, não mostra tanta dor.

Conhecia-o de vista e não posso dizer muito sobre ele. Era uma criança, e isso basta.

Tiago

carla granja disse...

EU PENSO K ESSE PAI NAO TINHA COMO OBJECTIVO DE MATAR O FILHO,FOI UM ACIDENTE DAQUELESK A GENTE PENSA K SO ACONTECE AOS OUTROS E NUNCA A NÓS :( AGORA AQUELES PAIS K ESPANCAM ,VIOLAM,ABANDONAM OS FILHOS ETC ESSES SIM É K SAO VERDADEIROS ASSASSINOS. EU NAO TENHO FILHOS,MAS TENHO SOBRINHOS E SEI COMO ME SENTIRIA SE PERDESSE UM DELES QUANTO MAIS MATAR UM FILHO CONSCIENTE OU INCONCIENTEMENTE, CONHEÇO UMA SENHORA K VINHA DE VIAGEM COM O SEU FILHO,VINHAM DE LISBOA PARA O ALGARVE E A POUCOS KMS DE CHEGAR A CASA O FILHO DIZ PARA A MAE PARA IREM DORMIR PARA UM HOTEL K ELE TINHA SONO, A MAE DISSE K NAO VALIA A PENA POIS MAIS MEIA HORA ESTAVAM EM CASA, MAIS HÁ FRENTE TIVERAM UM ACIDENTE O FILHO DE 10 ANOS MORREU E A MAE FICOU MESES INTERNADA NO HOSPITAL . AGORA PERGUNTO? SERÁ K ALGUM DE NÓS A MEIA HORA DE CHEGAR A CASA IA PARAR PA DORMIR NUM HOTEL? PARECE K A CRIANÇA PRESSENTIA K IA MORRER. A MAE FICOU COM A VIDA ESTRAGADA,O MARIDO A CULPOU DA MORTE DO FILHO E A DEIXOU :)( E A POBRE CRIANÇA MORREU. É TUDO TAO COMPLICADO K JÁ NEM SEI O K PENSAR. AMIGO,ALEXANDRE ESTIVE SEM NET VARIOS DIAS E SÓ ONTEM K VOLTEI A POSTAR UM POEMA E ANDO A VISITAR TODOS VOCES
BJ~
CARLA GRANJA

Cris disse...

Também acredito que esse pai não tivesse intenção de matar o próprio filho mas a sua inconsciência falou mais alto e custou-lhe caro!! Não me parece que ele viva bem com a sua consciência até ao fim dos seus dias!!
De qualquer forma concordo contigo, cada vez mais se perdem vidas de crianças por negligência ou inconsciência dos pais (já nem falo nos crimes quase propositados). Também sou mãe e vivo apavorada com a ideia de perder um filho devido a alguma negligência da minha parte, por vezes bastam segundos de descuido... Por isso não me atrevo a apontar o dedo a este ou aquele que fez isto ou deixou de fazer aquilo... Custa-me, por exemplo ver o meu vizinho sair de casa com os filhos no banco de trás sem cinto de segurança mas quem me garante a mim que eu com todos os cuidados que tenho nesse aspecto, não venha a sofrer um desgosto devido a outra situação...
Estas chamadas de atenção como a que fazes são importantes para nos fazer meditar... quando decidimos ter um filho temos de assumir todas as responsabilidades inerentes e muitas vezes isso não acontece!
Já me alonguei no desabafo...
Quero ainda felicitar o teu gesto... fizeste muito bem em não tirar fotos!

Papoila disse...

Concordo contigo....mais não digo porque está tudo dito.

Beijinhos
BF

Maria P. disse...

A imagem escolhida diz tudo.

Um beijinho.

irneh disse...

Concordo...

Beijinhos

elsa nyny disse...

Alex!

lamentavel, triste, não há palavras

beijinhos!

Jonice disse...

Sem dúvida, escolheste a imagem que melhor retrata este post, Alexandre. :(


Beijinhos

maristela disse...

Não posso deixar de lembrar aqui da Maddie, que os pais egoístas deixaram, provavelmente sedada, dormindo com dois irmãos ainda menores que ela, e foram jantar "sossegados", longe do quarto. Isso que tu contaste e outras atitudes de absoluto descaso de tantos pais me revolta por demais.
Um abraço

Jasmim disse...

Dizem os chineses "Qualquel mulher por ter um filho julga-se mãe". Os pais andam assim arredios da responsabilidade e da tomada consciência do que é ter um filho e zelar por ele.
Bom dia Alex

Maria disse...

Conheço muitos pais que são normalmente pessoas responsaveis mas depois tem atitudes estupidas. Crianças pequenas atrás sem cinto porque a viagem é curtinha e aqui não há policia. Eu sempre disse ás minhas crianças e a quem comigo viaja que o objectivo de pôr o cinto não é o não ser multada mas sim uma questão de segurança, em qualquer precurso curto pode ser necessária uma travagem brusca ou acontecer um acidente e o cinto ajuda mesmo.Quanto ao não teres tirado a foto o primeiro pensamento foi: granda alex assim mesmo é que é. mas depois fiquei a pensar se não seria uma boa ideia quando um pai é apanhado a fazer alguma coisa que atente contra a segurança do menor para alem da multa ser obrigado a ver muitas (muitas mesmo) fotos de consequencias que tiveram atitudes como a que ele estava a tomar assim tipo terapia de choque será que resultava?

Poliedro disse...

Olha, Amigo Deslumbrante Alexandre:
Penso exactamente como tu.
Há pais de uma negligência, egocentrismo e, adornados de um carácter, que podem ser nefastos e, muito, para com os filhos.
Os filhos são tão inocentes e puros que tudo aceitam e entendem.
O que descreves com mestria e, de forma atenta, é a realidade perfeita que acontece no quotidiano de incredulidade que nos faz revoltar.
E, depois, os filhos admiram estes incautos, com o amor que lhes vai no seu coração lindo.
São capazes de exprimir inocentemente: Adoro os meus pais!
Sabes, Amigo talentoso Alexandre, penso que se trata de um problema de Educação, de formação, de carácter e de seriedade nos actos destas pessoas que só querem os filhos sem se preocuparam com eles, nem ponderar as atitudes com que fazem perigar as instituições familiares de que os filhos são a suprema maravilha de existir. O nosso orgulho, que deveríamos ostentar sempre e permanentemente.
Excelente chamada de atenção, Amigo Alexandre, como tudo aqui.
Abraço sincero e amigo

pena

Parabéns, pela atenção pertinente e a preocupação com que comunicas e propagas de forma justa e, que existem esquecidas por algumas pessoas irresponsáveis.

Bichodeconta disse...

Gostei da foto, da ausencia da imagem trágica que alimenta os abutres da informação..Gostei da tua sensibilidade e da verdade inquestionável .. ser mãe e pai é muito mais que conceber e parir... um abraço, ell

Tullio Raposo disse...

Morre mais um brasileiro vítima das fatalidades que nos cercam. Sim, "nos", pois aqui fala um brasileiro.
Que Deus o acolha em sua morada e ele tenha na eternidade aquilo que foi privado nessa nossa passagem pela Terra.
Abraços